A coroa do Advento

A coroa do Advento é uma coroa feita de ramos verdes na qual são colocadas 4 velas, geralmente 3 roxas e uma côr rosa. Pode ser feita nas nossas casas e também nas nossas igrejas. A coroa do Advento é o primeiro anúncio do Natal. Deve estar preparada a tempo de se acender a primeira vela no 1º Domingo do Advento.

Os elementos que compõem a coroa podem variar. Geralmente é composta por uma coroa circular, feita de ramos ou folhagem verde, quatro velas e algum enfeite, nomeadamente, maçãs vermelhas, bolas e uma fita vermelha.

A coroa circular: o círculo não tem começo nem fim e lembra a unidade e eternidade do Senhor Jesus Cristo, que é o mesmo ontem, hoje e sempre. É sinal do amor de Deus, que é eterno, sem princípio nem fim. Também é um convite para que o nosso amor a Deus e ao próximo nunca acabe.

Folhagem verde: os ramos verdes podem ser ramos de pinheiro, arcipestre, etc. Representam Jesus eternamente vivo e presente entre nós. Verde é a cor da esperança e da vida. Deus quer que esperemos a sua graça, o seu perdão misericordioso e a glória da vida eterna no final da nossa vida terrena. O desejo mais importante deve ser querer chegar a uma união mais forte com Deus, nosso Pai, assim como acontece entre a árvore e os seus ramos.

Enfeites: podem ser maças vermelhas, bolas e uma fita vermelha. As maçãs representam as frutas do jardim do Éden, com Adão e Eva. Falam, pois, do pecado e da expulsão do Paraíso, bem como do anseio permanente do ser humano de voltar a ele. A fita vermelha significa o amor de Deus que nos envolve e também a nossa resposta de amor ao Senhor. As bolas simbolizam os frutos do Espírito Santo que brotam no coração de cada cristão.

As quatro velas: representam os 4 Domingos que compõem este tempo de vigilante espera. Fazem-nos pensar na escuridão provocada pelo pecado que cega o homem e afasta de Deus. Assim, com cada vela que acendemos, a humanidade fica iluminada e continua a iluminar com a chegada de Jesus Cristo ao nosso mundo. Há outras interpretações que evidenciam a riqueza simbólica da coroa do Advento.

Tradicionalmente as velas da Coroa de Advento são três roxas e uma de côr rosa. Esta é acendida no terceiro Domingo do Advento. Este dia é conhecido também como Domingo Gaudete, ou da Alegria, devido à primeira palavra do Prefácio da Missa: Gaudete (regozijem-se, alegrem-se).

Qual a razão de se acender uma vela da coroa em cada Domingo do Advento? Como expressão de espera alegre, cada semana realiza-se o rito de acender as velas da coroa, uma em cada Domingo do Advento, até que todas fiquem acesas no final. O acendimento progressivo das velas faz-nos tomar consciência da passagem do tempo e a espera da última e definitiva vinda do Senhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *