Santa Maria de Jesus Crucificado – 25 de Agosto

Maria Baouardy, descendente de uma família de rito greco-melquita católico, nasceu em Abellin (Galileia) em 1846. Aos vinte e um anos de idade ingressou no mosteiro das Carmelitas Descalças de Pau (França). Fundou mosteiros da Ordem na Terra Santa. Brilhou pelos dons sobrenaturais, principalmente pela humildade. Sobressaiu também pela sua ardente devoção ao Espírito Santo. Dedicou profundo amor à Igreja e ao Romano Pontífice. Morreu em Belém no dia 26 de Agosto de 1878.

A ciência dos santos: a humildade

A santidade não consiste só em rezar, nem em ter visões ou revelações, nem na ciência do bem falar, nem em trazer cilícios e fazer penitências. A santidade consiste em crescer na humildade. A humildade é a paz, é a rainha. A alma humilde é sempre feliz. Na luta e na provação humilha-se e pensa que merece ainda mais contradições. O que turva o coração é o orgulho. Um coração humilde é um vaso, um cálice que contém Deus. O Senhor ensina-nos que uma alma humilde, verdadeiramente humilde, fará milagres ainda maiores do que os que fizeram os antigos profetas… No paraíso as árvores mais formosas são as que mais pecaram mas serviram-se das suas miséria como as árvores se servem do estrume para crescer. No inferno encontram-se todas as virtudes menos a humildade, no paraíso encontram-se todos os defeitos menos o orgulho (Santa Maria de Jesus Crucificado).

Oremos: Senhor, Pai de misericórdia e Deus de toda a consolação, que conduzistes à contemplação dos mistérios do vosso Filho, Santa Maria de Jesus Crucificado, filha humilde da Terra Santa, e a fizestes testemunha da caridade e da alegria do Espírito Santo, concedei-nos, por sua intercessão, que, participando nos sofrimentos de Cristo, exultemos de alegria na revelação da sua glória. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *