São José: 19 de Março (Dia do Pai)

HINO

– Servo fiel, humilde e silencioso, / São José faz das mãos a sua glória: / Mãos que trabalham, mãos que rezam, mãos unidas, / Em plena doação à vontade divina / E ao coração dos outros.

– As mãos de São José são mãos sagradas; / Nelas concentra a alma em oração, / E com elas defende e ampara o Deus-Menino / E com elas defende e ampara a Virgem-Mãe, / Por desígnio de Deus.

– Servo fiel, humilde e silencioso, / Mártir da solidão em longo exílio, / São José nos ensina a caminhar na vida, / A edificar na fé a paz dos nossos lares / E a renovar o mundo.

FRASES SOBRE SÃO JOSÉ

– São José, assim como cuidou com amor de Maria e se dedicou com empenho jubiloso à educação de Jesus Cristo, assim também guarda e protege o seu Corpo místico, a Igreja, da qual a Virgem Santíssima é figura e modelo (São João Paulo II).

– O exemplo de São José é para todos nós um forte convite a desempenhar com fidelidade, simplicidade e humildade a tarefa que a Providência nos destinou (Bento XVI).

– A outros Santos parece ter dado o Senhor graça para socorrer numa determinada necessidade. Ao glorioso São José tenho experiência de que socorre em todas (Santa Teresa de Jesus).

– S. José é «guardião», porque sabe ouvir a Deus, deixa-se guiar pela sua vontade e, por isso mesmo, se mostra ainda mais sensível com as pessoas que lhe estão confiadas, sabe ler com realismo os acontecimentos, está atento àquilo que o rodeia, e toma as decisões mais sensatas (Papa Francisco).

– São José aparece como um homem forte, corajoso, trabalhador, mas, no seu íntimo, sobressai uma grande ternura, que não é a virtude dos fracos, antes pelo contrário denota fortaleza de ânimo e capacidade de solicitude, de compaixão, de verdadeira abertura ao outro, de amor (Papa Francisco).

– Não sei verdadeiramente como se deve pensar na Rainha dos Anjos no tempo em que tanto se angustiou com o Menino Jesus sem dar graças a São José pelo auxílio que lhe prestou (Santa Teresa de Jesus).

PRECES

Invoquemos humildemente a Deus, fonte de toda a paternidade nos céus e na terra, dizendo: Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Pai santo, que revelastes ao justo José o mistério de Cristo, oculto desde toda a eternidade, fazei-nos conhecer melhor o vosso Filho, Deus e homem. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Pai celeste, que alimentais as aves do céu e vestis a erva dos campos, dai a todos os homens o pão do corpo e da alma. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Criador de todas as coisas, que nos confiastes a obra das vossas mãos, fazei que os trabalhadores gozem dignamente o fruto do seu trabalho. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Deus de toda a justiça, que amais os homens justos, concedei-nos, por intercessão de São José, a graça de Vos agradarmos em todas as coisas. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Senhor, neste “Dia do Pai” lembra-te de todos os pais. A sua missão imprescindível, está rodeada de muitas incertezas. Levantam-se grandes tempestades à missão que lhes confiaste e precisam da tua ajuda. Ampara cada pai, aproxima os pais dos filhos e os filhos dos pais. Que o amor não permita que nenhum pai seja abandonado mesmo na velhice e que o mesmo amor faça permanecer os pais junto dos filhos como garantes da tua presença ao longo de toda a vida. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

– Concedei propício a vossa misericórdia aos moribundos e aos defuntos, por meio de vosso Filho, com Maria sua Mãe e São José. Pai nosso que estais nos Céus, ouvi-nos.

ORAÇÃO CONCLUSIVA

Deus todo-poderoso, que na aurora dos novos tempos confiastes a São José a guarda dos mistérios da salvação dos homens, concedei à vossa Igreja, por sua intercessão, a graça de os conservar fielmente e de os realizar plenamente. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *