A morte do cristão

A morte não pode resultar amarga para a alma que ama, já que nela encontra toda a doçura e o deleite do amor. A alma goza da morte como se estivesse a pensar no seu noivado ou no seu matrimónio, por isso deseja o dia e a hora da sua morte.

São João da Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *