Advento: somos necessitados de salvação

Volta o Advento, voltamos a começar um novo Ano Litúrgico; mas não devemos pensar que se trata unicamente de voltar a repetir os ritos e as cerimónias de outros anos. Estamos a falar de algo muito mais importante.

O Advento permite-nos recordar o essencial do Cristianismo que não consiste na participação em alguns ritos, nem na aceitação de algumas verdades, nem no cumprimento de algumas normas morais. O essencial do Cristianismo é o encontro com Cristo: uma Pessoa que está viva e nos vivifica. O resto vem depois e só é bem compreendido à luz do encontro com Cristo.

No Advento tomamos consciência da necessidade que temos de ser salvos. Não podemos salvar-nos a nós mesmos. Temos necessidade que o Salvador venha às nossas vidas.

Temos consciência da nossa própria fragilidade, da fragilidade das nossas famílias, da nossa sociedade e da Igreja. Por isso clamamos: “Vem, Senhor, não tardes. Vem para nos salvar. O teu Povo santo espera por Ti”.

Sabemos que não Te merecemos mas temos necessidade de Ti. Tem misericórdia de nós e vem às nossas vidas. Vem salvar-nos dos nossos egoísmos, das nossas tristezas e dos nossos pecados. Vem e dá-nos a vida em abundância. Vem Senhor Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *