Fátima e o Escapulário

É bem conhecido que na sexta aparição, acontecida em Outubro de 1917, os pastorinhos referiram que Nossa Senhora apareceu sob a invocação de “Nossa Senhora do Carmo” que era venerada na sua paróquia (ver foto). Em 1924, testemunhando perante o tribunal diocesano, Lúcia insistiu no mesmo e acrescentou que “tinha uma coisa pendurada na sua mão direita” (o Santo Escapulário)

Igualmente, quando em 1950, o Pe. Kilian Lynch, Prior Geral da Ordem, visitou a vidente Lúcia, ela realçou de que se tratava de Nossa Senhora do Carmo. Inclusivamente, noutros encontros com outros carmelitas, Lúcia realçou que estava surpreendida por não se ter destacado mais este aspecto e que não se tivesse feito uma promoção maior da devoção do Escapulário do Carmo, inspirada pelas mesmas aparições.

Fr. Fernando Millán Romeral, Superior Geral da Ordem do Carmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *