4ª Estação

4ª ESTAÇÃO: Jesus encontra a sua Mãe

O Evangelho não coloca nenhuma palavra na boca da tua Mãe que está ao pé da cruz. Também tu, meu Jesus, não pronuncias nem uma só palavra. O teu silêncio é a palavra mais eloquente (Beato Tito Brandsma).

Senhor, eu também quero permanecer em silêncio neste momento para captar o intercâmbio de amor infinito que vos une a ti e à tua Mãe. Ó Jesus, levanto os olhos e vejo-te, continuo a olhar o teu rosto, teus olhos de Filho, que reflectem a figura da tua Mãe. Tu não falas, mas ofereces a tua Presença: entregas-te a ti mesmo e entregas a tua Mãe. Eu a recebo como minha Senhora, como minha Mãe dulcíssima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *