Somos acolhidos

Deve esforçar-se por fazer actos de confiança. Porquê temer que Jesus a rejeite? Uma mãe rejeitaria uma filha que, desobedecendo, viesse depois pedir-lhe perdão? Não! Apertá-la-ia contra o seu coração. Porque não pensar que Jesus faz isso connosco, quando Ele encerra em Si, não uma ternura de mãe, mas uma ternura que não conhece limites, porque é infinita?

 Santa Teresa dos Andes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *