São Nuno de Santa Maria – 6 de Novembro

Nuno Álvares Pereira – São Nuno de Santa Maria – foi herói e santo, quer enquanto esteve no mundo nos compromissos familiares e de serviço à Pátria, quer quando como Irmão Donato ingressou na Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo (Carmelitas), no Convento de Nossa Senhora do Vencimento ou do Carmo que ele mesmo mandara construir. Não há cisão na sua vida: Nuno é herói enquanto santo e é santo enquanto herói. Foi para o serviço de Deus que Nuno defendeu durante a maior parte da sua vida “a terra que o criara”. E foi ainda para o serviço de Deus que, no outono da vida, procurou a solidão conventual para viver só para Deus. Esquecida a sua santidade fica oculto o segredo de toda a sua vida e das opções que tomou.

Nos santos verificamos melhor o que Deus pode fazer numa pessoa que deixa Deus ser Deus na sua vida: “Sabei que o Senhor me fez maravilhas. Ele me ouve quando eu o chamo” (Sl 4, 4). Este foi o refrão do salmo responsorial que muito Povo de Deus rezou cantando, na Missa da canonização de Fr. Nuno de Santa Maria, em 26 de Abril de 2009, presidida pelo Papa Bento XVI na Praça de São Pedro em Roma.

Hino

Unidos em oração, / comungamos na alegria / de evocar o nosso irmão, / Nuno de Santa Maria.

“Servir a Deus”, eis o lema, / que escolheu e praticou: / até à renúncia extrema / de tudo se despojou.

Não podia o mundo encher / coração tão dilatado: / carmelita há-de morrer, / humilde e apagado.

Goza já da liberdade / própria dos filhos da luz: / reveste-o a caridade, / sua glória é a Cruz.

A vós, Deus trino e uno, / bendizemos e adoramos; / celebrando São Nuno, / vossa glória proclamamos.

Preces

Peçamos a Deus Pai, fonte de toda a santidade, que, pela intercessão de São Nuno de Santa Maria, nos conduza a uma vida mais perfeita; e digamos: Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

– Pai Santo, que despertastes em São Nuno um grande amor à perfeição, fazei-nos fiéis seguidores de Jesus Cristo no caminho da santidade. Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

– Pai Santo, que em homens ilustres manifestastes a vossa grandeza e zelo pelo vosso povo, infundi em nós a virtude da fortaleza na defesa dos verdadeiros valores e na luta contra o mal. Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

– Pai Santo, que dentre todas as criaturas privilegiastes o homem e a mulher, despertai em nós aquela dedicação que São Nuno tinha para com os mais pobres e infelizes. Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

– Pai Santo, que em São Nuno despertastes uma devoção filial à Virgem, Santa Maria, fazei de nós, carmelitas, verdadeiros imitadores da Virgem, Mãe e Formosura do Carmelo. Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

– Pai Santo, que dais o justo prémio aos que por vós combateram, acolhei na Pátria Celeste os nossos confrades, familiares amigos e benfeitores falecidos. Fazei-nos santos, porque vós sois Santo.

Pai Nosso

Oração conclusiva

Senhor nosso Deus, que destes a São Nuno de Santa Maria a graça de combater o bom combate e o tornastes exímio vencedor de si mesmo, concedei aos vossos servos que, dominando como ele as seduções do mundo, com ele vivam para sempre na pátria celeste. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.  Amen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *