Solenidade de Santa Teresa de Jesus – 15 de Outubro

Hino

Já despontou a aurora, / todo o Carmelo festeja, / esta Mística Doutora, / como Filha da Igreja.

Quando uma luz é acesa, / brilha onde quer que esteja; / assim resplandece Teresa, / digna filha da Igreja.

Leve e suave é a cruz / que por amor se deseja; / tudo pôde com Jesus, / esta Filha da Igreja.

Ao Pai se dê louvor, / e ao Filho, bendito seja, / que reúne no Amor, / estes filhos da Igreja.

Lembremo-nos sempre do amor de Cristo 

Estando presente tão bom amigo e tão generoso capitão, Jesus Cristo, tudo podemos suportar. Ele é ajuda e dá forças; nunca falta; é verdadeiro amigo… Ditoso aquele que O ama de verdade e O traz sempre junto de si. Consideremos o glorioso São Paulo que tinha sempre em sua boca o nome de Jesus, porque o tinha bem no coração. Depois de ter compreendido isto, reparei com cuidado em alguns Santos, grandes contemplativos, que não iam por outro caminho: São Francisco, Santo António de Pádua, São Bernardo, Santa Catarina de Sena…

Sempre que pensarmos em Cristo, lembremo-nos do amor com que Ele nos concedeu tantas mercês e da caridade que Deus mostrou ao dar-nos em penhor o próprio amor que tem por nós. O amor pede amor. Procuremos pois ir meditando nisto e despertando-nos para amar. Na verdade, se o Senhor nos concede uma vez a graça de nos imprimir no coração este amor, tudo será fácil para nós e muito faremos em breve tempo e com pouco trabalho (Santa Teresa de Jesus).

Preces

Senhor, fonte de vida e de santidade, que manifestais nos vossos santos as maravilhas da vossa graça, queremos com Santa Teresa cantar eternamente as vossas misericórdias. Glória a vós, Senhor!

– Vós que desejais abrasar todo o mundo com o fogo do vosso Amor, fazei que sejamos, como Santa Teresa, servidores do vosso Amor entre os nossos irmãos. Glória a vós, Senhor!

– Vós que proclamastes bem-aventurados os puros de coração e prometestes que haveriam de ver-vos, purificai o nosso olhar, para que vos descubramos em todas as criaturas e nos elevemos sempre para vós. Glória a vós, Senhor!

– Vós que amastes e escolhestes alguns membros do vosso povo, para que anunciassem a vossa palavra aos irmãos, enviai trabalhadores para a vossa messe. Glória a vós, Senhor!

– Vós que não cessais de chamar discípulos que, para edificação da Igreja, vos seguem mais de perto na castidade, pobreza e obediência, fazei que todos os religiosos, tendo a Virgem Maria por Mãe e Mestra, vos sigam e sirvam fielmente. Glória a vós, Senhor!

– Vós que suscitastes na Igreja a Família do Carmelo, concedei aos Carmelitas a graça da fidelidade ao espírito de oração e de zelo apostólico, a exemplo de Santa Teresa. Glória a vós, Senhor!

Que o exemplo desta santa nos encoraje

Que o exemplo desta santa, profundamente contemplativa e eficazmente laboriosa, também nos encoraje a dedicar a cada dia o tempo adequado à oração, a esta abertura a Deus, a este caminho de busca de Deus, para vê-lo, para encontrar a sua amizade e, por conseguinte, a vida verdadeira; porque muitos de nós deveríamos dizer: “Eu não vivo, não vivo realmente, porque não vivo a essência da minha vida”. Porque este tempo de oração não é um tempo perdido, é um tempo no qual se abre o caminho da vida; abre-se o caminho para aprender de Deus um amor ardente a Ele e à sua Igreja; e uma caridade concreta com nossos irmãos (Bento XVI).

Bênção

Deus, nosso Pai, que vos chamou a celebrar a memória de Santa Teresa, vos torne participantes da sua santidade e sabedoria. Amen.

– Deus vos faça saborear a doçura da divina amizade, através do caminho da oração que Santa Teresa nos ensinou. Amen.

– Deus vos encha de ardor apostólico, para serdes, como Santa Teresa, testemunhas alegres do seu amor e filhos fiéis da Igreja. Amen.

Abençoe-vos Deus todo poderoso Pai, Filho e Espírito Santo. Amen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *