8º. Santa Teresa e Maria, Mãe do Carmelo

NOVENA DE SANTA TERESA DE JESUS: 8º DIA

“A companhia do bom Jesus é proveitosa demais para que nos afastemos dela, o mesmo acontece com a da sua Santíssima Mãe!” (Santa Teresa de Jesus).

Santa Teresa e Maria, Mãe do Carmelo

Teresa perdeu a sua mãe quando era muito jovem. Sofreu muito, sentia o grande vazio deixado por ela, o que lhe dava uma sensação de extrema insegurança. Ajoelhando-se diante de uma imagem de Maria Santíssima, confiou-lhe toda a sua dor. Pediu-lhe que ocupasse o lugar da sua querida mãe. Teresa irá sentir, então, por toda a sua vida, o cuidado e a protecção materna de Nossa Senhora.

Santa Teresa experimenta em todo o momento a proximidade de Maria na sua vida, olha para ela como modelo de fé e companheira de caminho e contempla as suas virtudes para as reproduzir também na sua vida.

Sentia-se muito indigna de vestir o hábito de sua Mãe, a Senhora do Carmo, mas pedia a todas as suas filhas que dessem graças por o trazerem, porque eram verdadeiramente filhas dessa Senhora, que deviam sempre imitá-la e considerar a imensa grandeza dessa Senhora, bem como o privilégio de a ter por padroeira.

Invocação 

Santa Teresa, que tinhas grande honra em ter Maria como Mãe e Padroeira da Ordem Carmelita, obtém para a Família do Carmelo a graça de servir a Virgem Maria e de viver como ela em obséquio de Jesus Cristo.

Oração

Senhor, que por meio de Santa Teresa de Jesus, inspirada pelo Espírito Santo, manifestastes à vossa Igreja o caminho da perfeição, concedei-nos a graça de encontrar alimento na sua doutrina espiritual e de nos inflamarmos no desejo da verdadeira santidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *